Data:

Evento do Benjamin Constant aborda Síndrome de Usher

De acordo com o Instituto Benjamin Constant (IBC), a síndrome de Usher é uma doença genética que causa surdez e cegueira e afeta uma em cada cem mil pessoas no mundo, atingindo  homens e mulheres na mesma proporção. 

Pensando nas questões educacionais que impactam essas pessoas, o IBC abordou a síndrome de Usher na edição deste ano do colóquio Múltiplos Olhares sobre a Surdocegueira.

Patrícia Amorim, doutoranda do NAU, participou do evento e teve a oportunidade de assistir as palestras de Shirley Maia, Lara Gontijo de Castro Souza e Karine Vieira da Rocha, que discutiram aspectos educacionais, os suportes tecnológicos acessíveis para surdocegos, as mediações necessárias para a inclusão educacional dessas pessoas e as políticas públicas em andamento para atender a esta parcela da população. 

Fotografia
Patrícia e Lara Gontijo, palestrante surdocega
Fotografia em frente ao Teatro Benjamin Constant
Da esquerda para a direita Shirley Maia, Lara Gontijo, Karine Vieira e Márcia Noronja de Melo (líder do Grupo Estudos e Pesquisas na Surdocegueira - GPESC)

Para mais informações sobre o evento e as palestrantes, acesse o site do Instituto Benjamin Constant.