Data:

Navegando em mares da acessibilidade cultural

No dia 15/11/17, a mestranda do NAU Priscyla G. Ferreira Barbosa participou do Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural – ENAC apresentado o trabalho “Realidade aumentada e acessibilidade em museus: um estudo de caso com surdos no Museu da Geodiversidade”. Em sua palestra, Priscyla apresentou as informações levantadas e o desenvolvimento da sua pesquisa de dissertação sob orientação da Profa. Simone Bacellar Leal Ferreira.

A proposta do ENAC é divulgar e aproximar experiências, iniciativas, parceiros e instituições que atuem em prol da cultura acessível; promover reflexão sobre a cidadania cultural da pessoa com deficiência. Para conferir o que aconteceu na quinta edição do evento, acesse o site do encontro.

Priscyla discursa em mesa com palestrantes
Priscyla no V ENAC
Priscyla, com projeção ao fundo, exibindo o slide de apresentação
Priscyla no V ENAC

Ainda dentro da temática de acessibilidade cultural, a mestranda também teve a oportunidade de dialogar sobre "Tecnologias com foco na acessibilidade" durante o II Festival Interuniversitário de Cultura do Rio de Janeiro (II FestFIC – RJ 2017) que ocorreu entre os dias 05 e 12 de novembro. A palestra foi ministrada para um grupo de estudantes do ensino médio da Escola Municipal Governador Roberto Silveira, de Duque de Caxias. Os alunos estavam bem interessados em saber mais sobre a temática da acessibilidade principalmente porque tinham acabado de realizar o exame do ENEM, que esse ano teve como tema da prova de redação: "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil".

Priscyla com tela de projeção às suas costas, palestra para diversos alunos
Priscyla no FestFIC RJ 2017